Onde acampar na Colômbia, o que fazer, o que comer

Assim como em outros países, os colombianos amam fugir da movimentação da cidade e, juntos com a família, procuram acampamentos para descansar a mente enquanto apreciam a beleza da natureza. Se você também deseja o mesmo, mas não sabe onde acampar na Colômbia, o que fazer por lá ou até mesmo o que comer, a Easy Transport preparou este post especialmente para você. 

Nota: Para entrar ou acampar na Colômbia em Parques Nacionais Naturais como Tayrona, Chingaza, Nevados e Iguaque é obrigatória a compra de um Seguro para acidentes e resgates.

Parque Nacional Tayrona

Primeiramente, vamos falar do parque que tem fama de ser um dos lugares mais bonitos para se acampar na Colômbia. Pois, além de ficar próximo da maior cadeia montanhosa do mundo, a Serra Nevada de Santa Maria, o Parque Nacional Tayrona tem a maior parte de sua biodiversidade preservada. E com tamanha beleza, o parque se torna refúgio para quem quer fugir do barulho da cidade. E tudo isso a apenas 1 hora de Santa Maria.  

O que fazer e comer

Ainda no parque você pode se banhar nas águas claras de algumas praias como Playa Arrecifes, Playa Arenilla e Playa La Piscina. Entretanto, apesar de lindas, algumas delas também são perigosas. Portanto, fique atento às placas e obedeça ao que elas orientam.  

Apesar de ter várias áreas de camping no parque, El cabo San Juan é o lugar mais famoso dentre elas. 

Permitir-se fazer coisas novas faz parte da vida de viajante, então que tal deixar as tendas ou trailers de lado e dormir de rede? É, você não leu errado. Esta é considerada a melhor forma para se dormir bem por lá. 

Já falando de comida, você pode preparar a sua, pois há espaço destinado a isso. Mas se estiver com vontade de comer algo diferente, na área de acampamento há opções para comer bem no restaurante. 

O que saber antes de ir

Não é possível reservar nenhum tipo de acomodação ou espaço online. Quem chega primeiro, pega as melhores barracas e redes. Simples assim. Dependendo da área que ficar, pode haver mosquitos, então é melhor chegar cedo e garantir que terá uma boa experiência por ali.

Parque Ecológico Matarredonda, Cundinamarca

A apenas 30 minutos de Bogotá, o Parque ecológico, que é cheio de hikers durante o dia, à noite oferece muita paz para os campistas. 

O parque é de grande importância para o povo da região, pois além de seu ecossistema de páramo, a água dali beneficia a várias cidades de Cundinamarca.   

O que fazer e comer

O lugar mais comum que todos passam para começar e terminar o passeio é El Márquez del Once. A famosa água de panela com queijo ou o Aijaco dão energia aos ciclistas e campistas que se aventuram pelo Parque Matarredonda. Há também um restaurante na entrada do parque que oferece almoço a um preço bem camarada.

Aijaco, comida típica de Bogotá, Colômbia. Foto: Rikaru, Flickr

Estando bem alimentado você poderá escolher entre dois caminhos que, depois de 1 hora e meia, levam a belas paisagens naturais como a Cascada de la Abuela. Primeiro, você chegará a uma cascata menor e depois de uns 2 minutos chegará à maior, que é a Cascada de la Abuela. O percurso é bem leve e bem interessante para quem nunca esteve em um páramo antes.

Há opções de ir com guia ou excursões privadas, mas se quiser se aventurar por conta própria não tem problema algum.

Frailejón, planta típica do Páramo. Foto: Esteban Chancy|Flickr

O que saber antes de ir

Leve roupas para se aquecer. Por estar localizado a mais ou menos 3.500 metros do nível do mar, o clima é frio, então, manter-se coberto e hidratado vai ajudar a ter a melhor experiência possível por ali.

Ademais, apesar de ficar perto de Bogotá, nem todo mundo conhece. Pedir informação a respeito do Parque Ecológico Matarredonda pode ser difícil durante a viagem.

Salento, Quindio

Arquitetura colonial em Salento, cidade colombiana

Salento é conhecida como cidade do café e faz parte da zona que mais produz café no país. Entretanto, Salento é bem mais que isso. Com sua arquitetura colonial, cheia de cores para alegrar os olhos, ela atrai turistas cada dia mais. Passeie pelas suas ruas e verá o quão animado é o ambiente. Nem é quente, nem frio demais, então dá para sair por aí apreciando a beleza atípica da cidade. Há bares com decorações únicas em toda esquina tocando música animada.

O que fazer e comer

A 20 minutos de Salento (de carro) está o Valle del Cocora Naquela área existem vários restaurantes com área de camping. Um deles é o Palmas de Cocora, onde você pode acampar e depois explorar o vale. É necessário pagar o valor de COP$4.000 por pessoa na entrada do Bosque de Palmas. Isso porque aquela área é privada e precisa de permissão para entrar. Alguns terminam a caminhada nos mirantes, mas é possível ir mais além se desejar. Ao todo, são 12 km de percurso.

Do Valle del Cocora você também pode ir ao Parque Nacional Los Nevados. Há várias opções dentro do parque e algumas delas são Nevado del Tolima e Paramillo del Quindio.

O que saber antes de ir Assim como em Matarredonda, o Valle del Cocora tem clima imprevisível e pode chover a qualquer hora. Leve capa de chuva e use sapatos adequados para a

caminhada. Se quiser ir até o fim do circuito no Bosque de Palmas, leve comida. Pois lá não tem nenhum tipo restaurante ou lugar para comprar comida.

Diferente do vale, recomenda-se que contrate um guia para ir ao Parque Nacional Los Nevados. Além de estar em boas condições físicas para aguentar o percurso.

Deserto de Tatacoa

Foto: wikimedia commons

Já foi a um deserto antes? Acampar no segundo maior deserto da Colômbia pode ser uma experiência ímpar. Além disso, o local oferece uma das mais belas vistas das estrelas. Começando às 7 da noite, o show estrelado pode ser visto tanto de fazendas quanto em um observatório dirigido pelo astrônomo Guillermo García. Para acampar nas fazendas é necessário pagar uma taxa aos donos. Igualmente, há outras formas de estadia em Villa Vieja, entrada do deserto.

O deserto é dividido em duas partes. Uma com areia cinza e outra com areia vermelha, assim como na imagem abaixo.

Foto: Sara Pons|wikimedia commons

O que fazer e comer

Como já citado antes, uma das atividades mais procuradas é a observação das estrelas à noite nos observatórios.Uma outra opção são os circuitos para fazer durante o dia. Como os labirintos de Cuzco, Los Hoyos e o Valle de los Xilópalos. E ainda é possível visitar uma piscina natural que se encontra no meio do deserto.

Alguns pratos típicos que você pode comer em restaurantes no deserto são sancocho de cordeiro, cabrito assado e pepitoria.

O que saber antes de ir

Primeiro, a água não é potável, portanto, deveria ir preparado com sua própria água. Segundo, estamos falando de um deserto, então não espere nada menos que calor. Terceiro, vista-se com roupas frescas, mas use sapatos que cubram os pés para proteger de alguns animais naturais do deserto.

Por outro lado, as imagens que você verá, serão inesquecíveis. Alguns pequenos “defeitos” compensam todo o resto da viagem.

Parque Nacional Natural Chingaza

Acampar na Colômbia também é cultura. E o PNN Chinganza, localizado na cordilheira oriental dos Andes, está repleto de rastros dos povos indígenas que viveram no local no passado, os Muiscas e os Guayupes.

O que fazer

Veado na Charneca de Chingaza

Caminhando pelo parque você verá animais silvestres como ursos e veados. Você também irá explorar circuitos fantásticos como os circuitos interpretativos Cuchillas de Siecha e Laguna de Buitrago.

Como a população de veados é alta, será fácil deparar-se com alguns deles em seu caminho.

O que saber antes de ir

É obrigatória a contratação de um guia de turismo para passear pelas áreas habitadas do PNN Chingaza.

Além disso, para visitar o parque é necessário fazer a reserva 3 dias antes. Se tratando de alimentação, acampamento e demais atividades, recomenda-se que entre em contato com a administração do parque, pois atualmente estão passando por uma reforma em sua política de funcionamento. Qualquer dado colocado aqui pode ficar desatualizado e assim prejudicar você com informações antigas.

*PNN é a sigla de Parque Nacional Natural. Você verá essa abreviação em placas ou informações que falam sobre parques com essa nomenclatura. 

Em resumo, este foi o post de hoje. E agora que já sabe onde acampar na Colômbia, o que fazer por lá e o que comer, gostaríamos de te pedir para marcar a Easy Transport quando postar fotos em algum desses lugares que citamos. Nós vamos adorar saber que te ajudamos de alguma forma a descobrir o seu lugar no mundo. Até a próxima jornada, amigos campistas.