Onde acampar na Argentina, o que comer, o que fazer

Está planejando viajar de trailer pela Argentina, mas não sabe onde acampar, o que comer, ou mesmo o que fazer por lá? Que tal dar uma olhada nos lugares que a gente escolheu para você? Passeie pela Argentina e descubra seu lugar no mundo através destas dicas.

Pôr do sol nas Cataratas do Iguaçu

A Argentina é um dos países que fazem fronteira com o Brasil e um ponto turístico que dividimos em comum são as Cataratas do Iguaçu. Então, que tal começarmos por lá?

Para apreciar as belezas e atrações turísticas das Cataratas e do Parque Nacional do Iguazú um bom lugar para acampar são os campings que se encontram na cidade Puerto Iguazú, por exemplo. 

Como chegar: Pela Ponte Internacional Tancredo Neves. Esta é a ponte que liga a BR-469 à RN 12 em Puerto Iguazú, na Argentina.

Atenção: Desde 29 de Janeiro de 2022 é obrigatório:

  • Seguro de viagem com cobertura para Covid-19; e
  • Seguro Carta Verde para entrar de carro na Argentina;
  • Comprovante completo de vacinação contra Covid-19;
  • Preenchimento de uma Declaração Jurada online

 Além disso, para cruzar a fronteira da Argentina é preciso pagar uma taxa de ecoturismo, que é cobrada pela cidade Puerto Iguazú. O valor é de 90 pesos argentinos por pessoa e deve ser pago em moeda argentina. Lembre-se de fazer a conversão da moeda antes de viajar, pois se não pagar a taxa, terá seu carro apreendido. O que lhe custará bem mais que a taxa para ter seu carro de volta. 

Mas ainda assim, se precisar, há casas de câmbio na av. das Cataratas a caminho de Puerto Iguazú

Parillada argentina

O que fazer e comer

Do lado argentino das cataratas é possível passear por trilhas, pontes, mirantes e circuitos. Com apenas 1 ingresso você consegue fazer 6 circuitos. Enquanto do lado brasileiro só existe uma trilha para percorrer.

Além disso, há o Marco das Três fronteiras, feirinhas, cassinos, bar de gelo e vinotecas. Se for amante de vinho, aproveite para comprar vinhos argentinos e comidas locais como doce de leite, alforjes e as parilladas argentinas.

Parque Nacional Los Glaciares

Geleiras na Argentina

Não precisa ser necessariamente a próxima parada. Mas com campings e entrada gratuitas, não visitar o Parque Nacional los Glaciares não tem desculpa.

Como chegar: De El Calafate na RP 11 até a Geleira Perito Moreno (80 km de calçada).

Ou então, o lago Roca pode ser acessado pela RP 11 em direção ao Glaciar Moreno, virando à esquerda na RP 60 (cascalho) até a conexão com RP n° 15 ou sempre passando por RP 15, todas cascalho.

Ou ainda, RP 11, RN 40 e RP 23 para El Chatén (220 km de pavimento).

O que fazer

As atividades são muitas e você pode escolher entre trekking no gelo, vela, caminhada, escalada e pesca. E além disso, é permitido conhecer lugares como as Gelerias Perito Moreno, Upsala, Spegazzini, o lago Roca, a área de Clatén ou Fitz Roy, Glaciar Viedna, Chorillo del Salto e o Campo de gelo da Pantagônia. 

Monte Fitzroy, Patagônia, Argentina

Ademais, você pode ver também o Desert Lake com suas florestas centenárias, geleiras e riachos, onde você pode acampar e praticar pesca esportiva.

Mas lembre-se que para aproveitar essas atividades com segurança é preciso seguir algumas orientações como informar-se sobre onde é permitido acampar, não levar pets ou acender fogos em lugares que não foram previamente destinados para isso pelos que cuidam do parque.

Parque Nacional Los Alerces

Não surpreendentemente, o parque ganhou esse nome por causa das enormes árvores que crescem lá, os alerces.

Alerce o Lahuan, no Parque Nacional dos Alerce

Até aqueles que não são muito de admirar a natureza irão admirar a beleza do Parque Nacional Los Alerces. 

Há várias áreas de camping, tanto estruturadas com materiais que os menos preparados podem precisar, quanto camping livre.

O que fazer e comer

Imagine-se mergulhando nas águas clarinhas dos rios e lagos que correm por lá. No entanto, se ainda não for suficiente, kayak, canoagem, pesca, windsurf, kitesurf e stand up paddle são alguns dos esportes que você pode praticar durante o verão. 

Contudo, se decidir ir em uma temporada mais fria, algumas trilhas podem estar fechadas e alguns esportes não vão poder ser praticados. Por outro lado, existem algumas atividades que dá para fazer o ano todo. Por exemplo, a visita ao Bosque de alerces milenários, onde você vai conhecer mais da história dessas árvores milenares e o Glaciar Torrecillas, uma trilha de mais ou menos 2 horas e que leva à Laguna del Antiguo

Em relação à comida, dependendo de qual área de camping escolher, há restaurantes que preparam pratos saborosos que podem ter veado, javali, truta, salmão, cogumelos da floresta, framboesas, chocolates, empanadas e um chá clássico da região

Como chegar: A partir de Esquel, cidade da província de Chubut , é necessário pegar a RN 259 e a RP 71 até a Villa Futalaufquen, onde fica a portaria do parque. 

San Carlos de Bariloche

Além de sua arquitetura à la Suíça e o chocolate vendido na rua principal, Bariloche também tem lindos lugares para acampar. E o fato de haver várias áreas de camping ao redor da cidade permite o balanço entre a calmaria da natureza com as atrações da cobiçada Bariloche. Ir à estação de esqui e o lago Nahuel Huapi são exemplos desse balanço. 

O Camping Selva Negra, um dos mais próximos do centro, o camping Los Coihues e o camping Cirse Villa Maitén, que fica perto do Lago Nahuel Huapi, são ótimos exemplos de lugares para acampar.

Como chegar: Para ir ao camping Los coihues é só seguir pela Rota 40, e por fim, conectar com a Rota 82 até a entrada do Lago Gutiérrez.

Para os demais não consegui encontrar uma referência, então deixarei apenas o endereço. Além disso, clicando no nome dos campings você vai encontrar um site que fala sobre turismo em Bariloche. É só entrar em contato e pedir mais informações.

Camping Cirse Villa Maitén: Av. Exequiel Bustillo 14.500, R8400 San Carlos de Bariloche, Río Negro.

Camping Selva Negra: Los Mimbres 2950, R8400 San Carlos de Bariloche, Río Negro, Argentina. Anotou aí?

Enfim, estes foram apenas alguns dos lugares nos quais você pode ir. Permita-se explorar livremente além das localidades turísticas. Você pode se supreender.

E agora você já não pode mais dizer que não sabe onde acampar na Argentina ou o que fazer por lá. Entretanto, gostaríamos de pedir uma única coisa. Quando passear por alguns desses lugares e postar fotos nas suas redes sociais, lembre-se de marcar a Easy Transport. Nós ficaremos muito felizes em saber que estamos te ajudando a descobrir seu lugar no mundo. 

Hasta pronto, exploradores.